Siga no Facebook
Siga no Instagram

M. do Chapéu: Agricultores do Sisal serão incluídos no Plano Safra; STTR-MC comemorou conquista

Por Correio da Chapada em 26/07/2022 às 11:58:33

Os agricultores do sisal, uma das mais tradicionais culturas agrícolas do município de Morro do Chapéu, serão inseridos no Plano Safra 2022, através do PRONAF - Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, com investimento e custeio da produção.

A inserção desses agricultores no programa foi discutida em uma reunião entre a presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares de Morro do Chapéu, Ana Alice Reis, o Secretário Municipal de Agricultura e Reforma Agrária do município, Fábio Pinto e a Gerente do Banco do Brasil, Carla Costa.

Desde 2003, o Plano Safra é o programa do Governo Federal responsável pela destinação de recursos públicos para financiar as atividades agrícolas de pequenos, médios e grandes produtores do país.

Por meio do programa, produtores rurais podem solicitar às instituições financeiras parceiras crédito para ações de custeio, investimento e comercialização de suas safras. Para o período 2021-2022, o Governo Federal liberou R$ 251,22 bilhões ? R$14,9 bilhões a mais que o Plano Safra anterior, um incremento de 6,3% ?, valor distribuído entre os 12 bancos parceiros do plano. Os financiamentos podem ser realizados até 30 de junho de 2022.

Como funciona o Plano Safra

As linhas de crédito do Plano Safra são atreladas a uma série de subprogramas de financiamento rural, contemplados especialmente dentro do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e linhas para demais produtores.

Beneficiários

Os recursos do Plano Safra atendem aos seguintes perfis de produtores, e são distribuídos da seguinte maneira:

· beneficiários do Pronaf (pequenos produtores): R$39,3 bilhões;

· beneficiários do Pronamp (médios produtores): R$34 bilhões;

· Demais produtores (grandes produtores): R$177,9 bilhões.

Finalidade

Sob a ótica da finalidade ? objetivo da utilização dos recursos ?, o crédito rural pode ser visto da seguinte forma:

· Custeio e comercialização: R$177,78 bilhões;

· Investimentos: R$73,4 bilhões.

Fonte: CORREIO DA CHAPADA

Comunicar erro
Anuncie Aqui 728 - 1

Comentários

Anuncie Aqui 728 - 2